A importância da qualificação para o síndico

Cada vez mais vem se tornando necessário possuir uma especialização, independente do ramo de atuação. Se profissionalizar na sua área de trabalho é algo imprescindível nos dias de hoje e não seria diferente com a profissão de síndico. Ter uma formação é um pré-requisito para exercer tal função.

Essa necessidade surgiu de uma demanda do mercado, afinal, os condomínios estão buscando profissionais capacitados para fazer a gestão de seus bens. Para essa capacitação existem diversos cursos de síndico profissional que dão todo suporte teórico para os alunos. Além disso, há palestras, seminários e workshops sobre a área de condomínio. É necessário sempre manter-se atualizado e continuar buscando o aperfeiçoamento para que esteja de acordo com aquilo que o mercado necessita.

A internet vem como uma facilitadora tanto para os condôminos entenderem um pouco sobre questões condominiais como para os síndicos se manterem sempre atualizados. Porém, é sempre bom ficar atento sobre as informações que se lê na internet, afinal, nem todo site é confiável. É necessário verificar a credibilidade do canal de informação acessado e sempre filtrar as informações lidas.

Ter o certificado é algo importante, porém fazer por merecer a certificação e possuir o conhecimento completo é mais relevante ainda. Como o próprio certificado exige uma renovação após dois anos, é preciso sempre se manter atualizado sobre as mudanças no mercado condominial.

O síndico tem que ser um generalista e compreender um pouco de tudo. Quanto mais o profissional entender e estudar sobre os assuntos relacionados ao condomínio melhor será sua gestão.

 

Fontes:

  • José Carlos Mendes C. Lopes- administrador de empresas e sindico profissional
  • Romulo David- sindico profissional e sócio proprietário da Dealer Sindicância Profissional

 

Veja mais em:

Comentários reservados neste post.