Inspeção Predial

O que é?

A inspeção predial é um conjunto de procedimentos multidisciplinares onde o especialista avalia a estrutura hidráulica, elétrica, patologia da construção civil entre outros. Verifica-se o estado da edificação visando a durabilidade, manutenção e garantia dada pela construtora.

Quem pode fazer?

Engenheiros civis e arquitetos estão habilitados a fazer este tipo de avaliação. Estes profissionais irão comandar a inspeção, trazendo especialistas para avaliar estruturas específicas, por exemplo um engenheiro mecânico para vistoriar o elevador e um engenheiro elétrico para vistoriar uma subestação de média ou alta tensão.

Qual é o resultado desse trabalho?

Ao final da inspeção é gerado um laudo fotográfico entregue ao condomínio com as providências que devem ser tomadas tanto na manutenção interna quanto junto a administradora (caso a anomalia esteja ainda sob garantia).

Qual a importância para o síndico ter esse documento em mãos?

O laudo é o ponto de partida. A partir dele o síndico entenderá a situação do condomínio, podendo então traçar um plano de manutenção ou fazer requerimento de correção com a construtora.

É a partir do laudo que o síndico vai estabelecer as prioridades, colocando a correção dos riscos primeiro, depois as manutenções corretivas e então as manutenções preventivas.

O que o síndico precisa apresentar para o profissional que fará a inspeção, antes que ela possa ser feita?

O condomínio precisa passar para o arquiteto ou engenheiro que fará a inspeção, o plano de manutenção atual do condomínio.

Será necessário mostrar evidências das manutenções anuais como as de elevadores, geradores, transformadores, bombas, lavagens de fachada, entre outras. Assim o profissional poderá vistoriar e apontar os pontos falhos nas manutenções preventivas do condomínio.

Com qual frequência deve ser feita a inspeção?

Quando a construtora entrega o edifício ela fornece dois manuais: o do síndico e do proprietário. O manual do proprietário trata das áreas privativas, ou seja a parte de dentro do apartamento. O manual do síndico trata das áreas comuns.

Estes dois manuais trazem uma tabela com todas as garantias e o vencimento delas. É a partir destas periodicidades que as inspeções devem ser feitas, garantindo que a construtora possa ser acionada em caso de problemas.

 

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=Zqycu7pf7us

Fonte: Davi Fratel. Engenheiro Civil, especializado em Gestão de Projetos Estruturais pela USP/SP.

Comentários reservados neste post.